quinta-feira, 14 de junho de 2012

PARA JOÃO PEDRO


Este post é candidato ao concurso “O melhor post do mundo da Limetree” 


Filho,

Quero te ensinar milhões de coisas, mas ainda não sei como lidar com algumas situações. Toda vez que te falo não, você briga comigo. Faz um "rosnado" de desaprovação que é tão bonitinho que eu tenho vontade de rir. Mas não dou risada. Fico firme até você entender que o meu não é para o seu bem.
Quero te mostrar que existe um mundo lindo, que você vai descobrir assim que começar a engatinhar. Só que você teima em querer andar, sem equilíbrio e sem soltar das mãos de quem te guia. Ao primeiro sinal de que já consegue ficar em pé sozinho, você abre seus braços, levanta-os para o alto e se joga no meu colo rindo. Sem o menor medo, pois sabe que vou estar lá para te segurar.
Você faz graças como ninguém. Essa parte fico pensando de quem puxou, já que nós, seus pais, não somos os mais extrovertidos do mundo. Chama a atenção de quem quer que seja. Faz tchaus, tralalás, bate palmas e faz seu rosnadinho como quem diz, oi estou te chamando.
Fico pensando em como amenizar todos os possíveis sofrimentos que você terá. Seu primeiro tombo de bicicleta, sua primeira nota vermelha, seu primeiro fora, seu primeiro porre.
Quero te mostrar como se contorna os problemas que se tem. Porque tê-los, não sei como evitar.
Penso em como ser a melhor mãe do mundo, mas isso não quer dizer sempre falar sim para seus desejos e nem acobertá-lo das bagunças que fizer. Muito menos te dar todos os brinquedos que aparecem na TV, mas sim, como te educar certinho para que você seja um homem de bem, que se incomode com as tragédias cotidianas, que se encante com as pequenas coisas da vida, goste de animais, respeite os mais velhos e que dê valor às pessoas pelos que são e não pelo que tem.
Quero que você saiba que para cada tentativa que não der certo, existe um recomeço. E que perdoar os outros é importante, mas primeiro você precisa se perdoar. Não ligue para o que as pessoas falam quando querem magoar, elas sempre procuram o pior que existem nelas mesmas.
Apesar de todas as coisas chatas que existem, crescer é uma delícia. Principalmente quando estamos cercados de pessoas que amamos e nos amam, que nos fazem acreditar que sempre vale a pena. Mas, não tenha pressa, não pule etapas. Acredite quando falam que a infância é tudo de bom na nossa vida.
Quero te dar a melhor família do mundo, assim como eu tenho e você também. Com irmãos legais, pais legais (às vezes são chatos, eu admito).
Estou tentando construir alicerces que sustentem de verdade. Edifiquem. Mas assim que você estiver pronto, você pode voar. Eu vou estar sempre junto com você.
Hoje você só tem 9 meses, o que é pouco para a vida que tem pela frente.
Mas o amor construído nesse tempo é tão grande, tão intenso que transborda. Parece que nos conhecemos desde sempre.
Obrigada por me escolher como sua mãe.

Te amo, mamãe.

9 comentários:

  1. Eu já lí esse post algumas (muitas) vezes e em todas elas eu me emociono muito, claro que acabo chorando e imaginando que o que voce diz e deseja para o seu menino é o que a maioria das maes desejam para os seus, independente da idade, 9 meses ou 33, 35 anos, mas sem conseguirem verbalizar, muito menos escrever e menos ainda tornar esse pensamento público e com um jeitinho muito carinhoso, amoroso e firme, obrigada minha filha.
    Te amo, mamãe.

    ResponderExcluir
  2. Rô,

    Lindo!!! Lendo esse post só aumenta a vontade de ser mamãe...

    Merece o prêmio de melhor post com certeza.

    Bjs
    Grace

    ResponderExcluir
  3. Cara Roberta, foi com este post que eu decidi começar a seguir o seu blog. É lindo, você textualizou o que a maioria das mães sentem...nem todas as pessoas conseguem fazer isso sabia? É uma característica sua que deveria explorar!
    Tenho a certeza que já ganhou!

    Beijinhosssssssssssss

    ResponderExcluir
  4. Que fofa a sua mãe....com certeza que mãe não ficaria orgulhosa de uma filha que transformasse em palavras essa emoção tão linda de ser mãe, a dela conseguiu!
    Parabéns, você é muito talentosa e estou torcendo para que seu post seja o vencedor!
    beijinhos
    Clarissa

    ResponderExcluir
  5. Já havia lido... mas me emocionei mais uma vez!
    Parabéns!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Oh até me emocionei, que lindo.Ser mãe deve ser mesmo a descoberta mais linda do mundo.

    ResponderExcluir
  7. Nossa, era pra chorar?! foi tao sincero.. esse é o sentimento mais puro q existe!

    ResponderExcluir
  8. Lindo.... parabéns

    Aline e Mateus

    ResponderExcluir
  9. Não tem como não se emocionar lendo esse post. Fiz um copy/ paste para minha mãe e ela também se emocionou muito.
    Ela sempre diz para mim "Obrigada por me escolher como sua mãe". Quando li essa frase no final chorei mais ainda.
    Parabéns por traduzir em palavras como é esse sentimento tão nobre e sublime que é ser mãe!
    Bjs Bárbara

    ResponderExcluir